Blog sobre beleza, comportamento e estilo de vida!

Produtos oil free para pele oleosa

Olá pessoas! 
Qual a queixa número 1 da brasileira quanto a pele? Sem dúvida alguma: a oleosidade do rosto não é mesmo?
Este probleminha freqüente impulsionou o lançamento de produtos com um apelo oil free e de acabamento mate na industria, principalmente no último ano. Para nosso delírio, claro!
Mas isso também pode se tornar um problema, as vezes no desespero de evitar o constrangimento de aparentar ser uma fábrica de óleo ambulante, as meninas acabam exagerando na dose e acabam com uma aparência ressecada, envelhecida.

Descubra como equilibrar essa equação.
Hidratante
Ainda existe o mito de que pele oleosa não precisa de hidratante. Mas não confunda: hidratação significa levar água para as camadas mais profundas, apesar do óleo secretado pelas glândulas sebáceas. Esqueça os cremes encorpados, que engorduram ainda mais o rosto. Quanto mais leve e fluida a textura do hidratante, melhor. Procure na embalagem por termos como “toque seco”, “efeito matificante” e “regulador de sebo” e texturas de sérum e gel-creme. Antes de espalhar o produto, limpe e tonifique a pele para remover o acúmulo de gordura dos poros e, consequentemente, reduzir o tamanho deles. “Só vale pular o passo da hidratação ao usar um protetor solar moderno, com base hidratante, mas que também contenha ativos ‘sequestradores’ de gordura, como o amido, os derivados de sílica e o enxofre”.
Primer
Além de disfarçar linhas finas, iluminar a pele e aumentar a fixação da maquiagem, o primer é uma excelente opção para minimizar os poros e controlar o excesso de oleosidade por mais tempo. Quando a idéia for fazer uma maquiagem elaborada (e você tiver tempo para isso, claro), prefira uma versão incolor e, em seguida, aplique a base. Se estiver apressada e não houver a necessidade de cobrir muitas manchas, opte por um primer com cor ou pelos BB creams, produtos multifuncionais – muitos têm o apelo de controlar a oleosidade. Há também primers específicos para serem aplicados nas pálpebras e nos lábios, com o objetivo de prolongar a durabilidade da sombra e do batom. São bastante úteis para quem não tem paciência de retocar o make ao longo do dia. 

Base
Mesmo com o avanço da tecnologia, muitas brasileiras ainda torcem o nariz para a base com medo de o rosto ficar melado. Preconceito! Há uma oferta cada vez maior de bases de efeito mate por aí para convencê-las do contrário.
“As bases que realmente seguram a oleosidade e não derretem no calor são as de boas marcas.
Vale a pena investir em um produto um pouco mais caro, já que é o item mais importante na maquiagem.
Use um pincel achatado para distribuir bem o produto em toda a pele (o acúmulo pode deixar o toque pesado). Ainda assim, se sentir que exagerou, pressione levemente um lenço de papel na testa, nas bochechas e no queixo. 
Pó facial é o salva-vidas da maquiagem em dias de calor.
E, por isso, não pode faltar no nécessaire, na gaveta do trabalho ou no porta-luvas do carro. Assim como as bases, os pós evoluíram e ganharam micro partículas, muito pequenas mesmo, o que garante leveza, ótima aderência e acabamento aveludado, que não craquela.
A versão translúcida tem a função de tirar o brilho sem acrescentar mais cor. São ideais para quem não dispensa a base.
Os que tem cor podem até ser aplicados sem base por baixo se não precisar de tanta cobertura.
Quem já tem rugas, no entanto, deve evitar o pó, pois geralmente ele realça as marcas de expressão.

Iluminador 
Controle de oleosidade não quer dizer falta de luminosidade ou viço. Sendo assim, toques de iluminador são mais do que bem-vindos para um visual bonito e natural.
Ele tem o papel de devolver o frescor à pele sequinha da maquiagem mate.
Aplique-o com a ponta do dedo ou com um pincel pequeno nas têmporas e acima do blush.
Alguns maquiadores preferem a textura em pó, justamente para secar a oleosidade. Mas os novos produtos cremosos ou líquidos também têm um toque seco – muitos ao serem aplicados no rosto ganham consistência aveludada. E, como a quantidade a ser usada é mínima, o iluminador nessas versões não agrava o aspecto oleoso. 

Blush
Aposte também na versão em pó, que fixa melhor e exige menos retoques do que a cremosa.
Assim como os pós faciais, os produtos micronizados, com minipartículas, deixam o resultado mais natural, sem pesar na pele.
Opte por um blush sem brilho ou, se não usar iluminador, apenas um que contenha um perolado sutil.
Os rosados e o coral são os tons perfeitos para a estação. 

Espero que essas dicas ajudem as menos experientes no mundo da maquiagem a resolverem esse probleminha chato!
Beijocas

Jaqueline Fernandes

Carioca, formada em enfermagem por vocação e blogueira por paixão! Como uma boa aquariana sou completamente racional, extremamente crítica e detesto a idéia de ter que me submeter a regras e padrões.

11 thoughts on “Produtos oil free para pele oleosa

  1. Jacke,

    Eu tenho a pele oleosa.. e no calor é bem mais!!

    – Hidratante: sempre uso hidratante em gel;
    – Primer: concordo com você e não vivo sem!
    – base: só uso Oil Free
    – Pó: sempre matte
    – Iluminador: anotei as dicas
    – blush: eu sempre uso em pó;

    Bjs
    Tissy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo