Blog sobre beleza, comportamento e estilo de vida!

Sofar Sounds: O show mais inusitado e legal que já fui

Sofar SoundsApresentação de Marcella Fogaça

Você já ouviu falar do Sofar Sounds? Não? Então me responda: O que você esperaria de um show que você não sabe onde acontecerá e tampouco quem vai se apresentar? Essa é a premissa do Sofar Sounds, projeto agregador de música independente que já se acontece em todo o mundo e também tem um lugarzinho – vários – aqui no Brasil. O nome vem da frase Songs From a Room (sons de um cômodo, em tradução livre).

Sofar SoundsApresentação de Dudu Godoi

O projeto, começado em 2009 em Londres, consiste em levar pequenos grupos de ouvintes a conhecer bandas novas do cenário independente. Os pocket shows acontecem em pequenos locais e o endereço só é informado 48h antes do show para os inscritos. Os shows tem apresentações de 3 a 5 bandas, que só são conhecidas na hora que os fãs chegam no evento. Os corajosos que embarcam nessa jornada ficam literalmente sem destino – e muito ansiosos. Eu fui uma dessas.

Sofar SoundsApresentação de Dudu Oliveira

Os interessados em participar devem se inscrever no site oficial, https://www.sofarsounds.com/, e quando as datas para os próximos shows forem disponibilizadas é aberta a inscrição para o evento na sua cidade ou em qualquer uma outra da sua escolha (se você for viajar e tiver a data para o seu local de destino pode se inscrever, por exemplo). É feito um sorteio entre os inscritos e estes recebem o link para a confirmação do evento, que se dá pela doação de uma colaboração, forma encontrada pela organização para custear os valores básicos do evento.

Todos os organizadores são voluntários e de acordo a organização do Sofar Brasil as bandas podem se inscrever pelo site, enviar material por email ou ainda alguém da comunidade pode indicar um artista que ache que tem a cara do projeto. Assim que eles recebem o material, é feita uma pré curadoria por aqui com os critérios de originalidade e excelência. A partir daí, a equipe do Sofar Londres faz a escolha final dos artistas que são selecionados para cada evento. Todos os gêneros são bem vindos e os trabalhos devem ser autorais.
Já houveram casos também de apresentações de artistas já famosos vindos da cena independente, como por exemplo a banda Bastille ou o cantor Leon Bridges.

Sofar SoundsApresentação da banda Yamã

O Sofar Sounds me deixou ansiosa por mais de uma semana. A curiosidade do local e da espera deixam a vontade de ir bem maior. E então o endereço foi informado no dia 12: O Sofar desembarcaria no Banquete Cultural, pequena sala localizada na Lapa. No dia do show encarei as cerca de duas horas do trânsito caótico do Rio pra ir do fim da zona oeste até a Lapa. Acabei chegando (muito) cedo e fui recebida pelos voluntários que organizam o projeto, gente carinhosa que me fez me sentir em casa.

Sofar SoundsApresentação de Marcella Fogaça

O evento contou com apresentações de Marcella Fogaça, Dudu Godoi, Dudu Oliveira e Yamã. O lugar, com capacidade para cerca de 50 pessoas, já delineava o tom de aconchego da apresentação – e o calor, mas a gente que é carioca já é PhD em lidar com isso. Todas as apresentações tinham duração de cerca de 20 minutos cada uma.

Sofar SoundsApresentação de Dudu Godoi

A primeira apresentação começou às 20h, e a voz doce da cantora Marcella Fogaça dominou a atenção de todos. A apresentação contou inclusive com o lançamento de sua música “Me Deixar” como seu novo single. Logo após veio a apresentação do cantor Dudu Godoi, uma banda de um homem só, que com seu violão e voz e um pedal de loop foi criando suas canções bem em nossa frente, o que foi uma experiência maravilhosa.

Sofar SoundsApresentação de Dudu Oliveira

A terceira apresentação foi do músico Dudu Oliveira e sua banda, Trazendo uma jam session com solos do músico na flauta e no sax soprano, e a vibe muito boa dominou a plateia. Pra fechar a noite aconteceu a apresentação da banda Yamã, um mpb floreado com inspirações em percussões de reggae. Arremataram deixando a vontade de ir sempre nos shows do Sofar.

Sofar SoundsApresentação da banda Yamã

Uma conclusão: vale o divertimento, vale a viagem, vale a felicidade de ver aquilo acontecer.
E você, iria a um show sem saber quem vai tocar? Um show que pode te trazer um som que você não conhece, mas talvez precise conhecer? Que tal tentar o Sofar Sounds?

Fotos: Fernanda Monteiro

Fernanda Monteiro

Postado por Fernanda. Leva o design na mente, a fotografia na alma e a caligrafia no coração. Devora um livro na mesma velocidade que devoraria um pudim. Se preocupa com a moda e suas tendências, mas acima de tudo com o conforto que pode vir com elas. É uma amante inveterada de séries e música e uma visitante assídua de shows: o que aparecer ela topa!

26 comentários em “Sofar Sounds: O show mais inusitado e legal que já fui

  1. Gostei da ideia inusitada de ir a um lugar curtir um som as cegas já que muitas vezes torcemos o nariz sem ao menos da a oportunidade de conhecer coisas novas. Beijos

  2. Nossa que bacana e super inusitado mesmo , o local lembra um porão , achei bacana pela a proximidade com os cantores , só fico imaginando como deve ser o som num local tão pequeno como esse , creio que não deve ser muito alto .

    Beijos!

  3. Adorei esse projeto, nunca tinha ouvido falar nele, mas confesso que achei a proposta super interessante!!! Já vou me cadastrar no site, espero poder participar um dia <3
    O show parece ter sido realmente muito legal e o lugar aparenta ser um tanto quanto aconchegante mesmo. Adorei o post, beijinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo