简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItalianoPortuguêsEspañol

The Good Place – Indicação de série!

by

The Good Place é um série de comédia nova na Netflix Brasil.

A série vai te fazer rir e ao mesmo tempo ter pensamentos quase filosóficos sobre a vida.

Gosto muito de recomendar séries (já recomendei aqui), pois sou daquelas que gosta de tudo sendo bom ou ruim. Ao longo do tempo eu aprendi a reconhecer quando um trabalho é bem construído. Sem dúvida esse é o caso em The Good Place.

Conhecemos Eleanor Shellstrop (Kristen Bell, Veronica Mars) logo após sua morte. Ela é recebida por Michael (Ted Danson, CSI), arquiteto do Lugar Bom – o correspondente ao nosso ‘céu’ – que lhe conta de sua morte. Graças a suas boas ações enquanto viva, Eleanor foi parar no Lugar Bom e não no Lugar Ruim.

Lembrei-me do prólogo de Jacob no livro Amanhecer: “A vida é uma droga, e então você morre.” Esse era o caso de Eleanor. O fato é: Ela foi pessoa terrível enquanto viva. Por algum “erro do sistema”, Eleanor, que teve uma vida que literalmente foi uma droga, foi parar no Lugar Bom no lugar de sua homônima (que a essa altura provavelmente estava no Lugar Ruim).

THE GOOD PLACE

Além disso as coisas começam a ficar fora de ordem no Lugar Bom. Tanto Michael quando os outros habitantes começam a investigar para entender o que está causando tanto desarranjo. Coisas loucas como girafas gigantes, camarões voadores e até uma cratera bizarra no meio da cidade.

Se tudo isso não era problema o suficiente, tem mais: Eleanor tem uma alma gêmea – na verdade, todos no Lugar Bom têm uma alma gêmea. A de Eleanor é o professor de ética Chidi (William Jackson Harper). Logo Eleanor conta a verdade a Chidi. Após muita discussão ele aceita e juntos eles tentam manter a identidade real de Eleanor encoberta e ao mesmo tempo tornar Eleanor uma pessoa realmente boa.

Entre risadas, piadas um tanto mórbidas e questionamentos sobre o que é ser bom e o que é ser ruim, você se pega cada vez mais entretido pela série. Apesar de curta (com episódios de 20 minutos, The Good Place tem 13 episódios na primeira temporada e já liberados mais 5 da segunda) entretém facilmente os espectadores.
A série não toca em assuntos polêmicos, como por exemplo religião, que só é lembrada em um momento ou dois. The Good Place tem um ritmo bom, roteiro bem escrito e foca em poucos personagens. Isso possibilita que todos sejam bem desenvolvidos, inclusive os coadjuvantes ganham características precisas.

THE GOOD PLACE

Falando nisso, a série tem um timing muito preciso: Você consegue prever as reações que determinados personagens vão ter exatamente no momento em que respondem, porém isso não torna a série previsível. Longe disso, The Good Place tem reviravoltas o suficiente para te deixar de queixo caído. E, mesmo que pareçam absurdas, elas não te deixam descrente. Você continua a se sentir inserido na história que a série conta e se deixar assiste tudo em um dia.

A série já chegou no Brasil com a primeira temporada completa e semanalmente a Netflix libera um episódio novo da segunda temporada. Se você atentar aos detalhes talvez possa prever o que o desfecho que essa história lhe reserva. Mas isso só vai te deixar mais curioso sobre o porquê e ansiando mais e mais episódios.
Me conta, você já assistiu The Good Place? Só não deixa spoiler nos comentários tá? Mas pode me chamar que eu adoro falar com mais gente que assiste as mesmas séries que eu!
Beijos,
Fernanda.

4

Ainda não há comentários.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *