Blog sobre beleza, comportamento e estilo de vida!

Vivian Maier: fotografia de rua pelos olhos de uma babá

Tropeçar em um acervo fotográfico como o de Vivian Maier não acontece toda hora. Mais de 150 mil fotos nunca reveladas e até então desconhecidas. Incrivelmente nem mesmo os que conviveram com ela conheciam as fotos. Boa parte do acervo ainda está sendo revelado e finalmente vendo a luz do dia. Por esses e outros fatores toda a história de Vivian é uma bela equação, e desvendar o universo particular por onde a fotógrafa navegava é uma experiência muito interessante.

Vivian Maier
fonte: instagram @vivianmaierarchive

Uma figura enigmática, Vivian Maier viveu de 1926 até 2009, e passou grande parte da sua vida trabalhando como babá em diversas casas americanas. Reclusa e de difícil convivência, Vivian era sempre vista com sua Rolleiflex à tiracolo. O que ninguém sabia era o volume de registros capturados por Vivian, principalmente entre os anos 50 e 70.

Vivian Maier
fonte: instagram @vivianmaierarchive

Em 2009 um rapaz chamado John Maloof arrecadou em um leilão uma pequena parcela dos negativos de Vivian Maier, na esperança de encontrar fotografias para ilustrar um trabalho que o rapaz fazia na época. Por fim as fotos acabaram não servindo à proposta do trabalho de John, mas impressionaram o rapaz que então começou uma cruzada para descobrir mais da autora.

Vivian Maier
fonte: instagram @vivianmaierarchive

A busca de John sobre mais informações sobre a vida de Vivian pode ser vista no documentário “A Fotografia Oculta de Vivian Maier”, disponível na data desse artigo na plataforma globoplay. Além de um acervo gigante de fotografia de rua, Vivian também tinha gravações em vídeo e em áudio que ajudam a pintar a curiosa persona da fotógrafa, além de diversos autorretratos, tão criativos que colocam uma nova perspectiva no termo “selfie”.

Vivian atuava majoritariamente como uma observadora sutil, discretamente registrando a rotina dos lugares por onde passava com um olhar único. Como ela conseguiu manter segredo sobre as centenas de milhares de fotos que tirou ao longo da vida, ningém sabe. ninguém pode prever também qual seria sua reação a ver seus retratos ganharem o mundo.

Em um mundo onde somos diariamente bombardeados por fotografia atrás de fotografia, as imagens de Vivian Maier nos levam de volta para uma época diferente. Época onde a visão de mundo era diferente, e o povo das classes mais baixas capturados por ela não eram retratados na sociedade. Também onde fotografias não eram produzidas aos montes, o que acentua ainda mais o magnífico trabalho de Vivian.

Vivian Maier
fonte: instagram @vivianmaierarchive

Agora o trabalho da fotógrafa não só inspira como financia outros fotógrafos. Além de financiar a revelação das fotos de Vivian, a renda de suas fotografias também financiam o Fundo Escolar Vivian Maier. Todo ano alguns estudantes entram para o School of the Art Institute of Chicago financiados pela bolsa de estudos do fundo. E seu trabalho continua a correr o mundo redefinindo os conceitos de fotografia de rua.

Veja mais imagens da fotógrafa no site http://www.vivianmaier.com/

Fernanda Monteiro

Postado por Fernanda. Leva o design na mente, a fotografia na alma e a caligrafia no coração. Devora um livro na mesma velocidade que devoraria um pudim. Se preocupa com a moda e suas tendências, mas acima de tudo com o conforto que pode vir com elas. É uma amante inveterada de séries e música e uma visitante assídua de shows: o que aparecer ela topa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo